Pode ser do seu interesse

Bem Estar

Vasectomia Engorda Mesmo?

A vasectomia é algo cada vez mais procurado pelos homens que buscam uma opção de controle de natalidade definitiva, porém, muitos mitos ainda permeiam as mentes das pessoas que pensam sobre este procedimento. Um deles é se a vasectomia engorda.

Como as vasectomias são feitas

Para entender melhor como funciona uma vasectomia, é preciso entender um pouco da anatomia do homem. Os espermatozoides são produzidos nos testículos e armazenados em um saco adjacente chamado epidídimo. De lá, eles viajam através de um tubo do tamanho de 40 centímetros chamado canal deferente. Dentro do abdômen, o canal deferente se conecta com a próstata produtora de sêmen e as vesículas seminais adjacentes à bexiga.

Ou seja, a vasectomia funciona fechando os canais deferentes de cada lado dos testículos, o que impede que o espermatozoide entre no sêmen e fertilize o óvulo. O sêmen é ejaculado, mas não contém espermatozoide, portanto, não pode causar gravidez.

Vasectomia e a lei brasileira

De acordo com o artigo 10 da Lei 9.263 da constituição brasileira, a vasectomia, bem como qualquer tipo de esterilização tanto em homens como em mulheres só é permitida com capacidade civil plena e obedecendo algumas regras, como por exemplo:

  1. A manifestação da vontade deve ser feita em documento escrito e firmado;
  2. A pessoa deve ser maior de vinte e cinco anos de idade ou ter pelo menos dois filhos vivos;
  3. Se casado, é preciso autorização da esposa, e vice-versa;
  4. Ser feita por meio de procedimentos dentro da legislação;
  5. Para mulheres, em caso de risco à vida do concepto.

Mitos sobre a vasectomia

Um dos grandes mitos que envolvem esse procedimento é que a vasectomia engorda. Mas não, nenhum homem irá ganhar peso por causa da vasectomia, esse é apenas um mito que muitas pessoas ainda acreditam.

Existem outros que chegam a assustar ainda mais quem está pensando em realizar este procedimento. Veja quais são eles:

1. O homem não será mais capaz de ejacular

Se você ejaculava antes da vasectomia, irá ejacular depois. O fluido ejaculatório, sêmen, é produzido na próstata e nas vesículas seminais, que são cortadas durante uma vasectomia. A quantidade de fluido que sai do testículo com espermatozoides é inferior a 1% do volume total da ejaculação. As contrações musculares que expulsam o fluido durante a ejaculação vêm da pelve e, novamente, não são afetadas pela vasectomia.

2. Os níveis de testosterona irão diminuir

É verdade que o testículo produz tanto esperma quanto testosterona. A diferença é que o testículo produz testosterona e a transporta pela corrente sanguínea, não pelo canal deferente. Os níveis de testosterona não diminuem como resultado da vasectomia.

3. Vasectomia provoca câncer de próstata

Esse mito na verdade começou na literatura médica há cerca de 15 anos. Houve um grande estudo longitudinal que sugeriu uma ligação entre os homens que foram submetidos à vasectomia e desenvolveram câncer de próstata mais tarde na vida.

Em primeiro lugar, isso não faz nenhum sentido médico. A produção de espermatozoides não tem nada a ver com o desenvolvimento do câncer de próstata. O que é mais provável, e estudos têm sido feitos desde então para mostrar nenhuma correlação, é que os homens que se submetem à vasectomia fazem mais exames médicos, ou seja, a grande maioria dos cânceres de próstata é detectada através de exames, e não pelo desenvolvimento de sintomas; portanto, homens que passam pela vasectomia são mais propensos a passar por exames com maior frequência e consequentemente diagnosticados mais vezes com câncer de próstata do que aqueles que não fazem exames.

4. A vasectomia desativa a produção de espermatozoides

A vasectomia apenas bloqueia a produção de espermatozoides. Os homens continuam produzindo, porém eles simplesmente não têm para onde ir. Os espermatozoides normalmente vivem cerca de 3 a 5 dias. Portanto, se um homem não ejacular a cada 5 dias, seus espermatozoides morrem de qualquer jeito e serão substituídos por outros milhões. Depois da vasectomia, acontece a mesma coisa.

Se você tem interesse em fazer esse procedimento, não deixe que esses mitos o impeçam. Procure o seu médico de confiança e tire todas as suas dúvidas. Lembre-se, é mentira que a vasectomia engorda.

Referências adicionais:

Você já tinha ouvido falar que a vasectomia engorda? E quanto a esses outros mitos sobre o procedimento? Acreditava em algum que o impedia de realizar? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading…

Natália Oliveira

Natália Oliveira, apaixonada pelo universo Fitness feminino e toda magia que envolve "SER MULHER". Secretária Executiva, esposa e empreendedora digital.

Vasectomia Engorda Mesmo? - Posts relacionados