Pode ser do seu interesse

Sem categoria

Fruta Desidratada Engorda? É Saudável?

Desidratar frutas é um dos métodos mais antigos de preservação dos alimentos utilizados pelos seres humanos. Os métodos usados para desidratar algumas frutas se modificaram muito nos últimos anos, mas para outras, praticamente não mudou desde os tempos mais antigos.

Mudanças marcantes nos sabores, cor e textura são características de muitas frutas desidratadas quando comparadas com seu estado natural, como por exemplo as uvas passas e as ameixas.

Conhecidas também como frutas secas, elas retêm grande parte de suas vitaminas e antioxidantes essenciais, mas quando uma fruta é aquecida, ela perde algumas vitaminas, como por exemplo C e A, além de minerais como cálcio e potássio.

Um damasco cru e fresco, por exemplo, tem 90,6 miligramas de potássio. Esse mesmo damasco, depois de seco, tem apenas 40,7 miligramas de potássio. Sendo assim, vamos analisar em detalhes se uma fruta desidratada engorda e também se é saudável consumi-la.

A fruta desidratada é saudável

De acordo com Laura Hartung, nutricionista e educadora de bem-estar corporativo, as frutas desidratadas em seu estado natural são basicamente frutas frescas das quais toda a sua água foi retirada.

“As frutas desidratadas são repletas de vitaminas, minerais, fibras e fitoquímicos. Além disso, não são perecíveis, são gostosas e ótimas para comer quando está com pressa”, disse a especialista. Veja agora alguns dos benefícios obtidos com a ingestão destes alimentos:

  1. Aumenta a sua ingestão de nutrientes: As frutas desidratadas são densas em nutrientes, o que significa que terá um efeito muito mais poderoso em termos de vitaminas essenciais como potássio, magnésio, ácido fólico, cálcio e ferro, bem como antioxidantes que foram mencionados anteriormente.
  2. Aumenta a saúde do cólon: “Frutas desidratadas também podem ajudar na saúde do cólon, devido aos seus compostos de fibras prebióticas (fibras que são digeridas pelo corpo humano) que alimentam as bactérias saudáveis responsáveis por manter a saúde digestiva”, disse Hartung.
  3. Reduz o risco de doenças: Um estudo publicado no Journal of Food Science afirma que comer uvas passas pode reduzir o colesterol e o açúcar no sangue. O resultado: risco reduzido de desenvolver diabetes e doenças cardiovasculares. Nada mal para uma pequena uva enrugada! Também possuem um índice glicêmico baixo, o que pode ajudar no controle glicêmico e lipídico para diabéticos, de acordo com cientistas dos Emirados Árabes Unidos.
  4. Diminui a pressão sanguínea: Pesquisadores da Universidade de Kentucky, Estados Unidos, descobriram que comer uvas passas no lugar de algo processado reduziu a pressão arterial sistólica. O resultado: redução do risco de problemas cardiovasculares e glicemia.
  5. Melhora a saúde dos ossos: “Coma mais ameixas”, diz Hartung. Um estudo publicado em Aging Research Reviews descobriu que comer ameixas desidratadas, também conhecidas como ameixas secas, pode prevenir e restaurar a perda óssea em animais. Embora mais pesquisas sejam necessárias, os resultados são promissores.

Além desses benefícios, as frutas desidratadas oferecem outros benefícios essenciais para as pessoas que querem emagrecer ou manter o peso.

Fruta desidratada engorda?

Para as pessoas que querem manter o peso ou emagrecer, é importante prestar atenção se as que você irá consumir mantêm os seus açúcares originais e, portanto, suas calorias. Por exemplo, metade de um damasco seco tem as mesmas calorias que metade de um damasco fresco, porém, como as frutas secas são menores, as pessoas tendem a comer mais.

Por exemplo, ½ xícara de damasco frescos tem 74 calorias, enquanto que ½ xícara da fruta seca tem 313! Em algumas frutas como mirtilos, a desidratação pode dobrar ou triplicar o açúcar, por isso, tome cuidado com os valores calóricos e quantidades.

Mas nada disso impede que você as consuma. É importante saber que tomando as devidas precauções, as frutas desidratadas não engordam, são saudáveis e inclusive, melhoram a dieta. As pessoas que consomem esse alimento consomem mais nutrientes e menos gorduras, álcool e açúcares adicionais do que aqueles que não o fazem. Isso foi o que descobriu um estudo realizado com 13.000 participantes, que concluiu também que aquelas pessoas que comiam frutas desidratadas pesavam menos do que as que não, ou seja, esse alimento incentiva a perda de peso.

Outro ponto positivo é que cientistas da Universidade de Toronto descobriram que as crianças que comiam um lanche de uvas passas antes de uma refeição consumiam menos comida do que aquelas que consumiam uvas naturais. Em outras palavras, comer passas pode impedi-lo de comer loucamente.

De acordo com pesquisadores ingleses, as ameixas secas por exemplo, são mais eficazes para aliviar a constipação – o que faz com que as pessoas fiquem inchadas – do que muitos remédios. Um estudo publicado no Journal of Human Nutrition and Dietetics em 2011 acompanhou cerca de 100 indivíduos com excesso de peso. Um grupo manteve a sua dieta regular e o outro manteve a sua dieta regular mais duas barras de frutas secas e cereais por dia. O total de calorias das duas barras era de 340.

Você supõe que 340 calorias extras por dia devem causar ganho de peso, certo?

Não. Os pesquisadores fizeram a seguinte citação como conclusão: “Lanches ricos em fibras (que na Grã-Bretanha é chamado de Satiating – saciável, em português) podem ser um meio de manter o peso”.

Um estudo realizado sobre maçãs secas concluiu que elas não causaram ganho de peso e foram ótimas para baixar o colesterol, ou seja, se você precisa cuidar do seu colesterol, elas são uma ótima opção em seu cardápio. Esse estudo foi realizado com cerca de 200 mulheres na menopausa que comeram 12 anéis de maçãs desidratadas ou 8 ameixas desidratadas, e tiveram seus níveis de colesterol monitorados.

Demorou apenas 3 meses para as maçãs secas reduzirem o colesterol e mantê-lo baixo. No geral, as ameixas e maçãs reduziram a inflamação rapidamente, e foram melhores do que as ameixas.

Outro estudo realizado com figos, em que as pessoas consumiram 300 calorias dessa fruta por dia durante 5 semanas, checou à conclusão de que elas não causaram nenhum ganho de peso. Perceba que são mais de 10.000 calorias. Onde elas foram parar? Acontece que o alto teor em fibras fez com que as pessoas se sentissem mais saciáveis e consequentemente comessem menos.

No geral, as frutas desidratadas podem ser um lanche nutritivo, conveniente, especialmente quando misturadas com castanhas, e são muito fáceis de levar para todos os lados. Mas se os açúcares, carboidratos ou calorias são motivos de preocupação, não se esqueça de contar a sua porção de frutas secas, pois pode ser fácil de se perder e ignorá-las.

Além disso, evite aquelas que contenham açúcares adicionais ou que são cobertas em açúcares, chocolates, etc. Esse tipo de fruta desidratada engorda mesmo, e vale dar preferência a marcas orgânicas e que não contenham dióxido de enxofre, que é usado como conservante.

Esse alimento tem sido apreciado pelas pessoas há milênios, com a menção mais antiga datada de 1700 a.C na Mesopotâmia. Ao longo dos tempos antigos e além, desde a China até Roma, elas continuaram a ser valorizadas por sua longevidade, portabilidade e sabor.

Enfim, a fruta desidratada engorda apenas quando é consumida em excesso ou com açúcares, gorduras e calorias adicionais. No mais, é um alimento saudável e uma ótima opção de lanche para sua dieta.

Referências adicionais:

Você já imaginava que fruta desidratada engorda quando consumida em excesso? Tem costume de consumir esse tipo de lanchinho? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading…

Natália Oliveira

Natália Oliveira, apaixonada pelo universo Fitness feminino e toda magia que envolve "SER MULHER". Secretária Executiva, esposa e empreendedora digital.

Fruta Desidratada Engorda? É Saudável? - Posts relacionados