Pode ser do seu interesse

Sem categoria

Como Congelar o Kefir? E Descongelar?

O Kefir é um probiótico que promove diversos benefícios para a saúde. Por conter micro-organismos vivos em sua composição, existem muitas dúvidas relacionadas ao armazenamento correto do produto, principalmente no que diz respeito ao armazenamento a longo prazo.

Dessa forma, vamos discutir abaixo como congelar o Kefir para durar mais tempo e se não há problemas em realizar esse processo em relação à perda das propriedades do probiótico.

Kefir

O Kefir é uma bebida preparada através de um processo de fermentação. Essa fermentação é feita por meio da imersão dos grãos de Kefir em um líquido como o leite ou a água com açúcar (preferencialmente o açúcar mascavo) em que os micro-organismos como as bactérias presentes nos grãos interagem com o leite ou o açúcar, promovendo a fermentação.

Como o processo de fermentação pode ser demorado e trabalhoso, é interessante saber o modo correto de armazenar a bebida por mais tempo para evitar ter que preparar ou comprar a bebida continuamente.

Assim, vamos ensinar como congelar o Kefir e descongelar para uso posteriormente.

Como congelar o kefir?

Existe mais de uma forma de congelar o Kefir preservando seus nutrientes e propriedades. Isso vai depender do substrato em que os grãos estão imersos, ou seja, se estamos falando do Kefir de leite ou do Kefir de água.

Ao contrário do que muita gente pensa, congelar o Kefir não desativa suas bactérias. Pelo contrário, o congelamento, quando realizado da maneira adequada, é capaz de preservar a bebida por muito mais tempo. Ao congelar o Kefir com técnicas adequadas, você preserva suas propriedades por vários meses ou até por um ano.

Basicamente, existem dois métodos de congelamento: congelar os grãos levemente umedecidos ou secos. Ambas técnicas são eficazes. A principal diferença é que os grãos secos costumam ser preservados por mais tempo do que os grãos umedecidos.

Para isso, basta lavar os grãos com água fria e secar bem com a ajuda de peneiras, panos limpos e uma superfície para espalhar bem.

Desidratado ou não, veja abaixo como congelar o Kefir da maneira correta.

1. Como congelar o Kefir de leite

Antes de congelar, você pode fermentar os grãos por 48 horas. Para isso, coloque os grãos de Kefir em leite e deixe fermentar. Depois da fermentação, é necessário separar os grãos do leite através do uso de uma peneira ou coador.

Depois desse processo de separar os grãos, você deve decidir se vai desidratar os grãos ou congelar o produto levemente umedecido com leite fresco.

No caso do grão desidratado, algumas pessoas gostam de adicionar um pouco de leite em pó porque ele ajuda a remover qualquer umidade presente no recipiente que possa prejudicar os organismos vivos durante o congelamento. Porém, se os grãos estiverem bem secos não há necessidade de adicionar o leite em pó.

Por fim, coloque os grãos secos ou umedecidos em um saco ou recipiente plástico fechado e coloque no freezer.

2. Como congelar o Kefir de água

O kefir de água é mais sensível do que o de leite e deve ser congelado e descongelado com mais cuidado.

Quando congelado, o kefir de água pode ser conservado por até 3 meses. O processo de congelamento é muito simples. Basta colocar os grãos em um saco ou recipiente plástico fechado no freezer. Isso vai retardar o processo de fermentação.

Por serem mais sensíveis, é recomendado que o Kefir de água seja congelado totalmente desidratado.

Como descongelar o Kefir?

Para descongelar o Kefir, também é preciso considerar se estamos falando do grão fermentado em água ou em leite.

1. Como descongelar o Kefir de leite

O descongelamento é um processo um pouco mais complicado que o congelamento, pois será necessário reativar as bactérias do Kefir que estavam adormecidas no freezer.

Para isso, será necessário descongelar os grãos na geladeira por pelo menos 24 horas para que o descongelamento ocorra lentamente. Quando o Kefir descongelar, ele deve ser coado para retirar qualquer excesso de leite e lavado várias vezes com leite fresco, que deve ser trocado a cada 12 ou 24 horas e substituído por uma porção nova para fermentar novamente.

Se os grãos não foram umedecidos com leite antes do congelamento, é importante lavá-los primeiro com água fria por algumas horas para reidratá-los e só depois disso coar e começar as lavagens com o leite.

Para saber quantas lavagens são necessárias, é importante observar o Kefir e buscar por sinais de fermentação que incluem mudanças na textura do leite usado na lavagem, que ficará mais espesso, e os grãos, que ficarão maiores e mais claros.

Enquanto essas mudanças não forem observadas, repita os processos de lavagem até que o leite engrosse. Isso pode variar de 2 a 10 dias, dependendo do tempo que o Kefir permaneceu congelado.

Lembre-se de não fechar completamente o recipiente ou tampar com uma gaze para que os gases do processo de fermentação possam deixar o frasco.

Se os grãos ficarem amarelados ou marrons, quebradiços ou se o leite usado nas lavagens ficar com um cheiro diferente do usual, significa que o Kefir não está bom e deve ser descartado.

Se você congelou a bebida pronta, basta deixar descongelando na geladeira e agitar bem o frasco para que as partículas sólidas se misturem bem ao líquido.

2. Como descongelar o Kefir de água

Para descongelar, é recomendado retirar o recipiente que contém os grãos congelados do freezer e deixá-lo em temperatura ambiente. Em seguida, é preciso imergir os grãos em água filtrada onde eles ficarão por aproximadamente 1 hora para reidratação.

Depois disso, é necessário coar e descartar a água para remover possíveis resíduos de açúcar nos grãos congelados.

Em seguida, adicione uma porção de açúcar mascavo e mais água filtrada aos grãos e deixe descansar por 6 horas. Mais uma vez, será preciso coar e descartar.

É indicado repetir esse procedimento cerca de 3 a 6 vezes para reativar o Kefir. Quando coar pela última vez, deixe os grãos fermentarem em água e açúcar mascavo na proporção de 1 colher de sopa de grãos de Kefir em 1 colher de sopa de açúcar mascavo dissolvidos em 500 mL de água filtrada.

Quando ocorrer a fermentação e a reativação dos grãos, a água com açúcar ficará com um cheiro levemente azedo característico do Kefir.

Outras dicas

1. Congelar a bebida

Também é possível congelar a bebida pronta. Neste caso, os sólidos e o soro do leite ou a água no Kefir se separam no congelamento. Mas isso não é um problema, pois basta agitar a bebida quando a mesma estiver descongelada.

2. Lacrar bem

Se for usar um saco plástico, retire todo o ar de dentro antes de lacrar o saco para evitar que o ar danifique as culturas de bactérias.

3. Identifique

Rotule os recipientes ou sacos plásticos com a data em que eles foram embalados para não esquecer por quanto tempo o Kefir está congelado.

4. Congelar rapidamente para evitar danos

Ao congelar os grãos no freezer, coloque o recipiente contra as paredes do congelador, onde a temperatura é mais fria. Isso faz com que o Kefir seja congelado quase que imediatamente, evitando danos que podem ser causados pela umidade e pelo vapor gerado dentro do recipiente. Quando estiver totalmente congelado, desgrude o recipiente do fundo e deixe em qualquer outro local do freezer.

5. Congelar por mais tempo

Congelar os grãos desidratados ajuda a conservar o Kefir por mais tempo. Para isso, é importante lavar bem os grãos com água fria, deixar escorrer, remover o excesso de umidade com uma toalha ou pano limpo e espalhá-los sobre uma superfície limpa para secar muito bem antes de congelar. No caso do Kefir de leite, é comum adicionar leite em pó por cima dos grãos para absorver qualquer traço de umidade nos grãos.

Quando totalmente secos, os grãos de Kefir ficam com aparência dura e com cor amarela ou laranja escuro e menores do que antes. Geralmente, eles devem ficar secando por pelo menos 3 dias. Os grãos de Kefir de água secos ficam parecendo açúcar mascavo, enquanto que os grãos de Kefir de leite encolhem de tamanho e ficam com uma cor amarelada.

6. Lavar com água ou leite de acordo com o tempo de armazenamento

Para descongelar o Kefir de leite armazenado por menos de 2 meses, coloque os grãos diretamente no leite. Se o período de armazenamento foi mais longo do que isso, é interessante lavar os grãos com água limpa e fria antes de imergir os grãos no leite.

7. Aparência dos grãos saudáveis

Os grãos reativados e saudáveis de Kefir devem ter aparência esbranquiçada, emborrachada e macia. Grãos quebradiços, amarelados ou mais escuros não são adequados para consumo.

Se desconfiar que o Kefir não está bom, não arrisque. Ingerir o probiótico estragado pode fazer você passar muito mal. Nesse caso, é melhor prevenir do que remediar. No entanto, seguindo as dicas de como congelar o kefir corretamente e armazenando os grãos em um recipiente devidamente limpo e lacrado, o Kefir terá suas propriedades preservadas e estará adequado para consumo após as etapas de reativação da bebida.

Referências adicionais:

Você já sabia como congelar o Kefir corretamente ou já passou por uma experiência que deu errado o procedimento? Costuma cultivar que tipo de Kefir em casa? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading…

Natália Oliveira

Natália Oliveira, apaixonada pelo universo Fitness feminino e toda magia que envolve "SER MULHER". Secretária Executiva, esposa e empreendedora digital.

Como Congelar o Kefir? E Descongelar? - Posts relacionados