Pode ser do seu interesse

Bem Estar

Água Gelada Faz Mal?

Água gelada faz mal? - Quero ser Fitness

Hidratar o corpo tem benefícios comprovados para a nossa saúde física e mental. A recomendação de ingestão de água feita pelas Academias Nacionais de Ciências, Engenharia e Medicina é para que homens consumam uma média 3,7 litros de água por dia (15,5 xícaras) e mulheres, 2,7 litros (11,5 xícaras) diariamente.

Muitos acreditam que beber água gelada faz mal a saúde com o passar do tempo. Essa teoria é baseada na crença de muitos povos e culturas que afirmam que beber água gelada contrai o estômago, dificulta a digestão dos alimentos após uma refeição. Além do corpo trabalhar mais para manter a temperatura interna de 37 ° C (98,6 ° F), as enzimas corporais são menos eficientes, os vasos sanguíneos são encolhidos e o sistema imunológico enfraquecido.

Embora existam evidências inconclusivas de que a água gelada faz mal, muitos ainda defendem isso.

Um pequeno e antigo estudo realizado em 1978 com 15 pessoas trouxe algumas informações mais conclusivas. A pesquisa evidenciou que beber água gelada torna a mucosa nasal mais espessa e mais difícil de atravessar o trato respiratório. Isso significa que se você está tentando tratar um resfriado ou gripe, beber água fria ou gelada pode agravar a sua congestão.

Outras condições de saúde como enxaquecas e a dor relacionada à acalasia, que é uma condição que limita a capacidade do corpo de passar comida pelo esôfago, também podem piorar quando ingerimos água gelada durante a refeição. Mas ambas se manifestam em pessoas já submetidas a essa condição.

Quando colocamos uma lupa sobre o assunto, constatamos que na medicina chinesa antiga, beber água fria com comida quente era visto como um desequilíbrio. Normalmente, as refeições na cultura chinesa são servidas com água morna ou chá quente.

Mas há alguma verdade nessas afirmações? Beber água gelada faz mal ou não, afinal? Continue lendo e obtenha mais informações sobre o tema.

A água gelada traz benefícios?

Beber água gelada tem sim seus benefícios. Durante o exercício, por exemplo, ela pode ajudar a evitar o superaquecimento do corpo e assim tornar a sessão de treino mais bem-sucedida. Isso acontece provavelmente porque a água gelada ajuda o seu corpo a manter uma temperatura central mais baixa.

A água gelada faz mal para a saúde?

Como vimos, beber água gelada é contra os princípios de muitos povos e culturas. No entanto, a água gelada que bebemos não é necessariamente recebida e absorvida pelo nosso corpo diretamente, pois assim como a comida, ela passará por um processo de aquecimento.

Ele é feito inteiramente pelo trato digestivo contido dentro da cavidade abdominal e as almofadas de gordura abdominal também contribuem significativamente para este processo de aquecimento. Então, se você costuma beber água gelada, o corpo irá trabalhar para que o aquecimento máximo entre em funcionamento.

Porém, acredita-se que essa condição pode desenvolver problemas relacionados à digestão e ao acúmulo de substâncias que carregam várias doenças. Vamos abordar algumas questões relacionadas ao consumo de água gelada e os impactos que muitos afirmam que pode trazer para a sua saúde.

– Ingerir água gelada ajuda na perda de peso?

Muitos acreditam que beber água gelada pode gastar mais energia corporal, pois o nosso organismo vai trabalhar um pouco mais para manter a temperatura ideal e, portanto, queimar mais calorias. Porém, pode não ser uma verdade completa, pois o organismo se concentrará em trabalhar para equilibrar a temperatura da água e isso poderá comprometer o processo de digestão.

Outra crença é que o frio no corpo faz com que as gorduras endureçam e congelem, tornando-as mais difíceis de serem digeridas. Não há pesquisas que confirmem essa afirmação.

– Pode prejudicar o trânsito intestinal?

Algumas afirmações sugerem que beber água gelada faz mal para o trânsito intestinal e pode causar constipação. Isso pode acontecer porque a comida em contato com a água gelada solidifica e endurece à medida que passa pelo corpo, e em paralelo faz o intestino contrair, levando a dificuldades de evacuar.

– Pode prejudicar a hidratação?

Beber água gelada pode retardar o processo de reidratação do seu corpo ao invés de acelerá-lo. Isso ocorre porque o corpo precisa trabalhar para trazer a água até a temperatura correta do corpo antes de poder usá-la para a reidratação. Porém, essa regra é diferente quando consumimos a água gelada durante a atividade física.

– Pode causar problemas estomacais?

Muitas pessoas acreditam que beber água gelada faz mal para o estômago, causando dor abdominal, gorgolejar e náusea. O motivo é simples: as temperaturas frias são anti-inflamatórias, portanto, os vasos sanguíneos se retraem. Outro efeito colateral é que o estômago se contrai e fica muito apertado para processar os alimentos com eficiência.

Água gelada faz mal para garganta?

O frio de inverno pode ter consequências como um nariz escorrendo e a tosse que causa um atrito dos músculos do trato respiratório. Este atrito não só irrita a garganta, mas também causa constrição da corda vocal.

Para reparar essa condição, o corpo cria uma resposta natural, semelhante à que acontece quando ingerimos água gelada. Então, podemos dizer que a água gelada faz mal para a garganta quando já existe um quadro de irritação.

A recomendação para o tratamento é beber água morna, porque reduz a irritação e também melhora o fluxo sanguíneo para os músculos, causando relaxamento muscular. Além disso, a água morna também ajuda a liberar toxinas acumuladas na garganta, proporcionando alívio da dor de garganta.

Em segundo lugar, ajuda a manter o corpo hidratado. À medida que as células do corpo são hidratadas, elas soltam o muco, o que facilita a expulsão da fleuma ou da tosse e reduz o atrito causado devido à tosse constante. A água morna também melhora o movimento ciliar, varrendo assim o muco para fora da cavidade oral e ajuda você a se livrar da tosse.

Água gelada faz mal para gripe?

A água gelada não dá gripe nem resfriado, mas se a gripe já chegou, ela pode sim agravar os sintomas. Segundo um estudo realizado por pesquisadores do Common Cold Center da Universidade de Cardiff, na Grã-Bretanha, as bebidas quentes aliviavam os sintomas de 30 pessoas que sofriam de gripe ou resfriado comum melhor do que as bebidas à temperatura ambiente ou geladas.

Há muitos benefícios de beber água em temperatura ambiente ou quente, pois é mais semelhante e mais útil à fisiologia do corpo.

O resultado evidenciou que líquidos quentes ajudam a soltar as secreções no peito, tornando-os mais fáceis de expulsar e, finalmente, de limpar o congestionamento. Os fluidos também são destinados a reverter a desidratação.

A bebida quente forneceu alívio imediato e sustentado de sintomas de corrimento nasal, tosse, espirros, dor de garganta, mal-estar e cansaço.

Com base nesse estudo, podemos interpretar que a água gelada faz mal para gripe e que não tem efeito benéfico no frio ou na tosse. Pode irritar a garganta, agravando a tosse ou o resfriado. Por isso, é aconselhável evitar água gelada em caso de gripe.

Água gelada com limão em jejum faz mal?

Não há evidências que confirmem que a água gelada com limão em jejum faz mal, porém quando ele é ingerido com água em temperatura ambiente ou morna, traz maiores benefícios para o seu organismo e uma ajuda digestiva natural e saudável ao seu estômago, diferente das proporcionadas com a água gelada.

Isso acontece porque o ácido cítrico, dos limões, acaba interagindo com os outros ácidos e enzimas do trato digestivo, o que resulta em uma digestão saudável e livre de problemas. O suco de limão também ajuda a produção de bílis, essencial para quebrar as gorduras e ajudar a digestão natural e saudável do seu estômago.

Também foi constatado que quando você toma água morna com limão em jejum, ela ajudará a acentuar a acidez do sistema digestivo, contribuindo com a absorção do cálcio dos alimentos que você come e tem um efeito alcalinizante.

Por fim, estudos descobriram que a vitamina C impede a produção de cortisol. O cortisol é um hormônio do estresse que o corpo libera em resposta ao estresse. A presença constante deste hormônio na corrente sanguínea pode trazer uma série de efeitos negativos na saúde, que incluem o aumento dos níveis de açúcar no sangue e ganho de peso.

Água gelada faz mal para o fígado?

Mensagens circulando pelas redes sociais afirmam que água gelada faz mal para o fígado e outros órgãos do corpo, mas será que é verdade?

Segundo uma entrevista concedida pela a hepatologista Edna Strauss, médica do Hospital do Coração (HCor) e livre-docente pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), a informação não procede. Ela também afirma que há “falta de conhecimento” sobre o assunto.

A hepatologista explica o que já vimos acima. A água gelada pode fazer mal em si para os dentes, gengiva, boca e garganta, porém à medida que passa da garganta, ela segue pelo esôfago e a quantidade que entra pelo tubo de cada vez é pequena. Quando a água gelada passa pelo esôfago, ela já atinge a temperatura corpórea. Então, não há possibilidade, racionalmente falando, de a água gelada chegar até o fígado, pois no estômago durante o processo de digestão o corpo já trabalhará para reverter à temperatura.

Conclusão

São muitas as crenças que permeiam a ingestão de água gelada e seus impactos para a saúde. É claro que em algumas situações ela pode ser prejudicial, que é o caso dos quadros de gripes e resfriados ou para aqueles que sofrem com doenças crônica que resulta em uma digestão mais lenta.

Mas, enquanto algumas culturas consideram a ingestão de água fria um risco significativo para a saúde, não há muitos fatos e evidências que apoiem essa afirmação. São muitos os benefícios de beber água morna e até quente, mas os benefícios de beber água fria muitas vezes se revelam os mesmos.

O que sabemos é que beber água a qualquer hora é fundamental para a saúde. Se você estiver preocupado se a água gelada faz mal para alguma condição que possui e que saber qual é a temperatura adequada da água que você deve beber, consulte seu médico.

Natália Oliveira

Natália Oliveira, apaixonada pelo universo Fitness feminino e toda magia que envolve "SER MULHER". Secretária Executiva, esposa e empreendedora digital.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *