Pode ser do seu interesse

Bem Estar

5 Piores Alimentos para Diabéticos

Em novembro de 2018, o Ministério da Saúde divulgou dados que mostram que no Brasil há 12,5 milhões de pessoas que sofrem com diabetes, cerca de 7% de toda a população, e de acordo com o International Diabetes Federation (IDF), o Brasil está em quarto lugar entre os países com maior número de diabéticos em todo o mundo, ficando atrás da China, que está em primeiro lugar, Índia e Estados Unidos consecutivamente.

Muitas pessoas tendem a comer muitos alimentos açucarados e gordurosos, e por isso, para muitos, particularmente aqueles com diabetes, é uma luta cotidiana deixar esses alimentos de lado.

Natalia Torres-Negron, nutricionista no departamento de endocrinologia da Cleveland Clinic e educadora de pacientes no hospital Weston, ambos nos Estados Unidos, disse que “Pesquisadores descobriram mais de 60 causas diferentes para diabetes tipo 2” e que o estilo de vida “desempenha um enorme papel” na prevenção ou melhoria da doença.

“Dieta, peso e estilo de vida sedentário fazem parte deste ‘pacote’” acrescentou Randy Kaplan, nutricionista clínico do Memorial Hospital Pembroke.

Uma estratégia é perguntar aos pacientes sobre sua atual dieta e “juntos escolhermos o que deve mudar”, disse Torres-Negron, “Um paciente consumia suco ou refrigerante em todas as refeições. Ele mudou para água e não fez nenhuma outra mudança em sua dieta. Fazendo apenas isso, ele foi capaz de perder 10 quilos em um mês”, afirmou a especialista.

“Os pacientes geralmente pensam que certos alimentos são seus inimigos”, disse Carla Duenas, nutricionista da Baptist Health. “Nada está fora dos limites, mas algumas opções são melhores do que outras, com base na rapidez com que elas se decompõem em glicose no corpo. A nutrição é extremamente importante na gestão do açúcar no sangue.”

A diabetes pode aumentar o risco de doenças cardíacas e derrame através de artérias entupidas e endurecidas, e por isso é importante dar muita atenção a carboidratos e gorduras, particularmente aos que estão presentes em alimentos altamente calóricos.

Sendo assim, as suas escolhas alimentares importam muito, principalmente quando você tem diabetes, pois alguns piores alimentos são melhores ou piores que os outros. Nada está completamente proibido, até mesmo alguns destes piores alimentos para diabetes podem ser consumidos ocasionalmente em pequenas quantidades, mas eles não ajudarão na nutrição, e será muito mais fácil cuidar da diabetes se você optar por outros.

Por isso, veja agora quais são os 5 piores alimentos para diabéticos e fique de olho para evitar.

1. Açúcares adicionados

Como a diabetes é caracterizada por níveis anormalmente elevados de glicose no sangue, é claro que é prudente evitar os alimentos que causam picos de glicose no sangue – principalmente alimentos refinados como bebidas adoçadas com açúcar que são desprovidos de fibra para retardar a absorção de glicose no sangue.

Sucos de frutas, alimentos processados açucarados e doces têm efeitos semelhantes. Esses alimentos promovem hiperglicemia e resistência à insulina e também promovem a formação de produtos finais de glicação avançada (AGEs) no organismo: os AGEs alteram a função normal e saudável das proteínas celulares, endurecem os vasos sanguíneos, acelerando o envelhecimento e promovendo complicações da diabetes.

2. Grãos refinados (arroz branco e farinha branca)

Os carboidratos refinados, como por exemplo o arroz, macarrão e pão branco estão sem a fibra do grão original e por isso elevam a glicose do sangue mais e mais rapidamente do que os seus homólogos intactos e não processados.

Em um estudo realizado durante seis anos com 65.000 mulheres que seguiam dietas ricas em carboidratos refinados de pão branco, arroz branco e massas eram 2,5 vezes mais prováveis de serem diagnosticadas com diabetes tipo 2 em comparação com aquelas que ingeriram alimentos com carga glicêmica inferior, como grãos integrais intactos e pão integral.

Uma análise de quatro estudos prospectivos sobre o consumo de arroz branco e diabetes constatou que cada porção diária de arroz branco aumentou o risco de diabetes em 11%.

Além dos efeitos de aumento de glicose, os alimentos ricos em amido também contêm AGEs, que promovem o envelhecimento e complicações do diabetes.

3. Carnes vermelhas e processadas

Muitos diabéticos passaram a acreditar que, se o açúcar e os grãos refinados, entre outros alimentos com alto índice glicêmico, aumentam o açúcar no sangue e os triglicerídeos, eles devem evitá-los e ingerir mais proteína animal para manter os níveis de glicose no sangue sob controle. No entanto, vários estudos já confirmaram que estes também estão entre os piores alimentos para diabéticos.

Uma meta-análise de 12 estudos concluiu que o consumo elevado de carne aumentou o risco de diabetes tipo 2 em 17% acima da baixa ingestão, o alto consumo de carne vermelha aumentou em 21% e o alto consumo de carne processada aumentou em 41%.

4. Comidas fritas

Batatas fritas, salgadinhos, donuts entre outros amidos fritos são alimentos com alto índice glicêmico, várias calorias e baixo teor de nutrientes na forma de óleo. Além disso, assim como outros alimentos cozidos, os alimentos fritos contêm AGEs, o que os configura como alguns dos piores alimentos para diabéticos.

A diabetes acelera o risco de doenças cardiovasculares, e como a grande maioria dos diabéticos (mais de 80%) morre de doenças cardiovasculares, qualquer alimento que aumento o risco cardiovascular será especialmente problemático para os diabéticos.

A ingestão de gordura trans é um forte fator de risco alimentar para doenças cardíacas; mesmo uma pequena quantidade de ingestão de gordura trans aumenta o risco.

Além dos seus efeitos cardiovasculares, as gorduras saturadas e trans reduzem a sensibilidade à insulina, levando a níveis elevados de glicose e insulina e a um maior risco de diabetes.

5. Ovos inteiros (em quantidade)

Comer 5 ovos ou mais por semana tem sido associado a um aumento no risco de desenvolver diabetes tipo 2. Quando se trata de doença cardíaca, os ovos têm sido um assunto controverso. No entanto, para aquelas pessoas com diabetes não há controversa, pois há ligações claras em muitos estudos observacionais para os grandes aumentos de risco.

Grandes estudos prospectivos como The Nurses Health Study, Health Professionals Follow-up Study e Physicians’ Health Study relataram que diabéticos que comem mais de um ovo por dia dobram o risco de doença cardiovascular ou risco de morte em comparação com diabéticos que comiam menos de um ovo por semana.

Outro estudo realizado com diabéticos relatou que aqueles que ingeriram um ovo por dia ou mais tiveram um aumento de cinco vezes no risco de morte por doença cardiovascular.

Por isso, se você quer evitar a diabetes, se cuidar e aumentar a sua expectativa de vida, deverá evitar esses 5 piores alimentos para diabéticos e adotar uma dieta rica em nutrientes, que reduz a hemoglobina glicada na faixa não-diabética, e reduz ou inclusive elimina a necessidade de medicamentos, melhorando drasticamente sua pressão sanguínea e triglicerídeos, principalmente no caso de pacientes diabéticos.

Referências adicionais:

Você consome com certa frequência alguns destes piores alimentos para diabéticos? Possui essa condição do tipo 1 ou tipo 2 e precisa melhorar a alimentação? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading…

Natália Oliveira

Natália Oliveira, apaixonada pelo universo Fitness feminino e toda magia que envolve "SER MULHER". Secretária Executiva, esposa e empreendedora digital.

5 Piores Alimentos para Diabéticos - Posts relacionados