Pode ser do seu interesse

Sem categoria

5 Benefícios da Couve Portuguesa – Propriedades e Receitas

Como o próprio nome já indica, a couve portuguesa é um alimento popular na mesa dos portugueses, tanto que costuma acompanhar o típico bacalhau na celebração portuguesa do Natal.

Também conhecida pelos nomes de couve tronchuda, couve penca ou couve-cedo-vem, a verdura apresenta talos carnudos e folhas grandes, é resistente a baixas temperaturas e classificada como pouco exigente em termos de solo e fácil de ser plantada.

Como muitas couves, a couve portuguesa é originária da Europa. Além disso, é abundante em toda a região de Portugal, sendo capaz de crescer sem dificuldade em qualquer região, justamente por conta de sua alta resistência.

5 benefícios da couve portuguesa

Na lista seguir, você confere alguns dos benefícios da couve portuguesa que já foram atribuídos às excelentes propriedades nutricionais dessa verdura tão saborosa:

1. As propriedades da couve portuguesa

A couve portuguesa serve como fonte de vitaminas como vitamina A, vitamina B9 (também conhecida como ácido fólico ou folato) e vitamina C.

Também é possível encontrar outros nutrientes importantes para o funcionamento apropriado do organismo como fibras, potássio, cálcio, fósforo, magnésio, ferro, zinco e vitamina B3 na composição da couve portuguesa cozida.

2. Fonte de vitamina C

Um dos benefícios da couve portuguesa que merece destaque é o fato dela possui a vitamina C em sua composição, contribuindo assim com o fornecimento do nutriente ao organismo. Uma porção de 100 g de couve portuguesa cozida é composta por 58 mg de vitamina C.

Segundo explicou o Centro Médico da Universidade de Maryland, dos Estados Unidos, a vitamina C é solúvel em água, o que significa que o organismo não pode armazená-la e é necessário que ela seja consumida por meio da alimentação.

O nutriente é necessário para o crescimento e o reparo de tecidos em todas as partes do corpo, além de auxiliar o organismo na produção de colágeno, uma proteína utilizada na formação da pele, da cartilagem, dos tendões, dos ligamentos e dos vasos sanguíneos, segundo a instituição.

Ainda de acordo com o Centro Médico da Universidade de Maryland, o nosso organismo precisa de vitamina C para o processo de cura de feridas e para a manutenção e a reparação dos dentes e dos ossos.

Isso sem contar que a vitamina C também é um antioxidante, substância que bloqueia parte dos danos provocados pelos radicais livres, compostos que danificam o DNA e cujo acúmulo ao longo do tempo pode contribuir com o processo de envelhecimento e o desenvolvimento de problemas de saúde como câncer, artrite e doença no coração.

3. Fonte de fibras

A couve portuguesa também serve como fonte de fibras. Em uma porção de 100 gramas, a couve portuguesa cozida apresenta 2,4 g de fibras.

A Mayo Clinic, organização da área de serviços médicos e pesquisas médico-hospitalares dos Estados Unidos, afirma que as fibras são essenciais para uma dieta saudável, além de serem conhecidas por prevenir ou amenizar a prisão de ventre.

De acordo com a organização, os benefícios de uma dieta rica em fibras incluem a normalização dos movimentos intestinais, a manutenção da saúde do intestino e o auxílio ao controle dos níveis de açúcar no sangue.

Ainda conforme a Mayo Clinic, a Academia Nacional de Medicina dos Estados Unidos recomenda que as mulheres com 50 anos ou menos consumam 25 g de fibras diariamente, que os homens com 50 anos ou menos ingiram 38 g de fibras a cada dia, que as mulheres com mais de 50 anos consumam 21 gramas de fibras por dia e que os homens com mais de 50 anos ingiram 30 g de fibras diariamente.

Neste sentido, entende-se que o teor de fibras encontrado na couve portuguesa pode contribuir com o aporte diária recomendado do nutriente. Entretanto, o consumo de fibras deve sempre vir acompanhado da ingestão de bastante água e para quem não está habituado a consumir muitas fibras, o aumento do consumo do nutriente deve acontecer de maneira gradual.

4. Auxílio ao emagrecimento

Os alimentos com fibras, como é o caso da couve portuguesa, tendem a saciar mais do que aqueles que são pobres no nutriente. Com isso, é provável que a pessoa fique satisfeita por mais tempo e coma menos.

Além disso, a couve portuguesa é pobre em calorias. Uma porção de 100 g da couve portuguesa cozida contém somente 21 calorias – ao mesmo tempo em que fornece diversos nutrientes necessários para o funcionamento adequado do organismo, como vimos acima.

Com isso, conclui-se que o alimento é uma boa alternativa para uma dieta com foco no controle, manutenção ou perda de peso. No entanto, ressaltamos que apesar que poder ajudar, a couve portuguesa não fará nenhum milagre sozinha.

Não adianta comer o alimento, descuidar-se do restante da alimentação e abusar de açúcar e calorias. Para aproveitar os benefícios da couve portuguesa para emagrecer, é necessário que toda a dieta também seja controlada, equilibrada, saudável e nutritiva, de preferência contando com o acompanhamento de um nutricionista.

5. Fonte de cálcio

Outro nutriente encontrado na couve portuguesa é o cálcio. 100 g de couve portuguesa fornecem 71 mg do nutriente.

O cálcio é importante para ajudar a fazer e manter ossos e dentes fortes. Além disso, o nutriente é necessário para o organismo para auxiliar na contração e na expansão dos músculos e dos vasos sanguíneos, para secretar hormônios e enzimas e para enviar mensagens através do sistema nervoso.

Receitas de couve portuguesa

Agora que já conhecemos alguns dos benefícios da couve portuguesa, vamos aprender a preparar duas receitas com o ingrediente:

1. Receita de couve portuguesa com alho

Ingredientes:

  • 1 couve portuguesa;
  • 4 dentes de alho descascados e amassados;
  • 6 colheres de sopa de azeite;
  • Sal a gosto;
  • Pimenta a gosto.

Modo de preparo:

  1. Lavar bem a couve portuguesa e retirar as suas folhas. Encher uma panela com bastante água quente e uma pitada de sal. Adicionar as folhas da couve portuguesa e levar para cozinhar até a couve portuguesa ficar macia;
  2. Então, retirar a couve da água, escorrer um pouco e cortar as suas folhas em pedacinhos. Colocar o azeite e os dentes de alho em uma frigideira e levar ao fogo médio para aquecer;
  3. Na sequência, levar as folhas de couve para a frigideira e refogar, deixando que elas absorvam bem o azeite e o alho. Depois, retirar as folhas de couve, passar para uma travessa e ajudar o sal e a pimenta de acordo com a sua preferência.

2. Receita de sopa de couve portuguesa com feijão vermelho

Ingredientes:

  • 1 lata de feijão vermelho cozido;
  • 2 cenouras;
  • 2 batatas;
  • 1 nabo pequeno;
  • Couve portuguesa a gosto;
  • 1 caldo de galinha;
  • Azeite;
  • Água;
  • Sal;
  • ½ cebola;
  • 2 dentes de alho.

Modo de preparo:

  1. Descascar e lavar todos os vegetais, nos casos em que houver a necessidade. Cortar em pedacinhos as cenouras, as batatas, a cebola, os dentes de alho e o nabo;
  2. Em uma panela, juntar o azeite e o caldo de galinha e refogar um pouco. Após, acrescentar a água, o sal, as cenouras, as batatas, a cebola, os dentes de alho e o nabo e deixar cozinhar;
  3. Uma vez que os legumes estiverem cozinhados tritura-los ou batê-los no liquidificador;
  4. Então, cortar as folhas de couve portuguesa em pedacinhos, juntar ao creme de legumes em uma panela e levar ao fogo para cozinhar a couve portuguesa;

Quando a couve portuguesa estiver cozida, acrescentar o restante do feijão vermelho cozido e ajustar os temperos. Desligar o fogo, esperar esfriar um pouquinho e servir-se imediatamente.

Você já conhecia e imaginava que existiam todos esses benefícios da couve portuguesa para a saúde e boa forma? Pretende incluir com mais frequência em sua dieta? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading…

Natália Oliveira

Natália Oliveira, apaixonada pelo universo Fitness feminino e toda magia que envolve "SER MULHER". Secretária Executiva, esposa e empreendedora digital.

5 Benefícios da Couve Portuguesa – Propriedades e Receitas - Posts relacionados