Pode ser do seu interesse

alimentação saudável

15 Poderosos Alimentos que Previnem o Câncer

O câncer é reconhecido mundialmente como um dos principais problemas de saúde, que afeta milhões de pessoas a cada ano. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), o Brasil terá aproximadamente 1,2 milhão de novos casos de câncer em 2018 e 2019.

Diante das estatísticas assustadoras, cercar-se de cuidados para evitar o surgimento da doença é essencial. Sendo assim, realizar periodicamente os exames de rotina, praticar atividades físicas e ingerir poderosos alimentos que previnem o câncer pode ajudar a evitar a condição.

Dieta x Câncer

A palavra “câncer” é um termo que abrange mais de 100 diferentes distúrbios celulares no corpo. Câncer refere-se à divisão celular descontrolada que leva a um tumor ou crescimento celular anormal. Quando as células anormais se dividem descontroladamente, elas podem invadir tecidos próximos e se espalhar para outras partes do corpo, incluindo os sistemas sanguíneo e linfático.

Fatores como genética e meio ambiente podem aumentar o risco de desenvolver câncer e eles infelizmente estão fora do nosso controle, mas algumas pesquisas apontam que aproximadamente 70% das chances de desenvolver a doença estão relacionadas a estilo de vida e dieta.

Uma pesquisa prospectiva europeia sobre câncer e nutrição, feita em 2010, analisou os impactos da dieta sobre o desenvolvimento do câncer. Depois de acompanhar mais de 519.978 participantes que vivem em 10 países europeus, os resultados mostraram que aqueles que seguiam uma alimentação semelhante à dieta mediterrânea estavam mais protegidos.

Isso porque a alta ingestão de alimentos que evitam câncer foi associada à diminuição do risco de câncer colorretal, de pulmão e de mama. Já uma dieta rica em carne vermelha e processada, excesso de álcool, cigarro, sobrepeso e obesidade, especialmente a abdominal, mostraram um risco aumentado. 

Isso significa que evitar o cigarro, limitar o consumo de álcool, ter um peso saudável e praticar exercícios regulares são atitudes que podem diminuir drasticamente as chances do seu aparecimento.

Além disso, a sua alimentação pode fazer uma grande diferença – embora não existam alimentos milagrosos, muitos deles contêm uma composição valiosa que pode ajudar a diminuir o crescimento do câncer.

15 poderosos alimentos que previnem o câncer

A seguir, estão os alimentos contra o câncer que podem ajudar na prevenção da condição e que você deve ingerir com frequência

1. Verduras

As verduras são um dos pilares de uma alimentação saudável, pois elas são capazes de entregar muitas vitaminas, minerais, antioxidantes e enzimas, e são pobres em calorias, gorduras, sódio e outras toxinas benéficas. 

Verduras como couve, espinafre, alface, rúcula, agrião e outros contêm inúmeros antioxidantes, incluindo vitamina C e betacaroteno, que é um tipo de vitamina A. Todos esses componentes são poderosos para prevenir o câncer.

Além disso, esse tipo de vegetal é considerado uma fonte natural de glucosinolatos, uma substância química que é convertida em compostos biologicamente ativos durante o processo de mastigação e digestão, e quando estão no organismo ajudam a previnem o crescimento de células cancerígenas.

Isso acontece porque as verduras possuem propriedades antibacterianas e antivirais, capazes de ajudar a inativar carcinógenos, promover a morte de células cancerígenas, prevenindo assim a formação de tumores e metástases.

2. Brócolis

Segundo alguns estudos, o brócolis, que é um vegetal crucífero, é um dos alimentos que evita o câncer. Além de ser fácil de encontrar e muito versátil, sua composição carrega indóis e sulforafano, dois tipos de antioxidantes fortes e estimuladores de enzimas desintoxicantes que protegem a estrutura do DNA. Também contém vitamina C e glutationa, outro potente antioxidante para a eliminação de radicais livres. 

Embora as pesquisas apontem os vegetais crucíferos como poderosos alimentos que previnem o câncer, vale ressaltar que os resultados foram observados em animais, tubo de ensaio e estudos observacionais, então mais pesquisas ainda são necessárias.

Ainda não existem evidências concretas para entender como o brócolis pode ajudar a evitar o câncer em humanos, mas os resultados obtidos até aqui são animadores. Um estudo em tubo de ensaio mostrou que o sulforafano reduziu o tamanho e o número de células do câncer de mama em até 75%. Outra pesquisa realizada com animais mostrou que camundongos com câncer de próstata que foram submetidos ao tratamento com sulforafano tiveram uma redução de 50% no volume do tumor, pois a substância  ajudou a matar células cancerígenas.

Ele também pode ser benéfico para evitar as chances de desenvolver câncer colorretal. Uma análise de 35 estudos mostrou que comer mais vegetais crucíferos diminuiu as incidências de câncer colorretal e de cólon.

Sendo assim, incluir brócolis nas suas refeições semanais podem trazer benefícios de combate ao câncer.

3. Cenouras

Incorporar cenouras à sua dieta pode ser valioso, pois ela está relacionada como um dos alimentos que evitam câncer. E essa afirmação já tem uma base científica, pois alguns estudos encontraram uma associação entre o consumo de cenoura e a diminuição do risco de câncer de próstata, pulmão e estômago.

Uma análise dos resultados de cinco estudos diferentes concluiu que a ingestão de cenouras pode reduzir o risco de câncer de estômago em até 26%, e outro estudo descobriu que comer mais cenouras pode reduzir em 18% a probabilidade de desenvolver câncer de próstata.

Já um estudo maior, que teve a participação de 1.266 pessoas com e sem câncer de pulmão, evidenciou que os fumantes que não incluíam cenouras na sua dieta tinham três vezes mais chances de desenvolver câncer de pulmão, quando comparados com aqueles que faziam a ingestão de cenoura por uma ou mais vezes na semana.

Se as cenouras ainda não fazem parte do seu cardápio, procure adicionar como um acompanhamento ou como um lanche. Obter algumas porções semanais pode reduzir potencialmente o risco de câncer.

4. Frutas e vegetais de cor laranja

As frutas e vegetais que carregam a cor laranja brilhante são ricos em fitoquímicos, especialmente os antioxidantes conhecidos como carotenoides

Eles – alfacaroteno, betacaroteno, licopeno, luteína, criptoxantina – são derivados da vitamina A, e encontrados em muitas frutas cítricas, batata-doce, frutas vermelhas, abóbora, e outros alimentos vegetais, incluindo a cenoura, que acabamos de citar.

Entre os compostos presentes, o mais pesquisado ​​é o betacaroteno. Ele é considerado um nutriente essencial para o funcionamento imunológico, desintoxicação, saúde do fígado e também para o combate aos cânceres da pele, olhos e de alguns órgãos.

Já a luteína e a zeaxantina, que são responsáveis pelos tons escuros, ajudam a prevenir desordens relacionadas à pele e aos olhos, pois atuam como antioxidantes que filtram agentes nocivos, protegendo as células saudáveis ​​no processo.

Além disso, os vegetais ricos em carboidratos complexos foram apontados como capazes de reduzir o risco de vários tipos de câncer, especialmente os que se desenvolvem no trato digestivo superior. Parte desses efeitos pode estar relacionado à fibra, pois a ingestão de grãos refinados e alimentos de alta carga glicêmica têm sido constantemente ligados ao aumento do risco de diferentes tipos de câncer, incluindo mama e colorretal. 

5. Ervas e especiarias

As ervas e especiarias podem ajudar a trazer mais sabor aos seus pratos e também mais saúde para o seu organismo. Por exemplo, o açafrão contém um ingrediente ativo conhecido como curcumina, que é recomendada para diminuir o tamanho do tumor e combater o câncer do cólon e de mama. 

Se você combinar o seu uso com a pimenta preta, a absorção é reforçada e seus efeitos anti-inflamatórios são reforçados. Além disso, outras ervas que atuam como estimulantes do sistema imunológico incluem gengibre, alho cru, tomilho, pimenta caiena, orégano, manjericão e salsa, todos fáceis de encontrar e de incluir em diversas receitas.

6. Feijão

O feijão faz parte da alimentação diária de milhões de brasileiros, mas o que muitos não sabem é que além de ser um alimento rico em fibras, alguns estudos descobriram que ele pode ser um dos poderosos alimentos que previnem o câncer colorretal.

Para comprovar esses efeitos, um estudo acompanhou 1.905 pessoas com histórico de tumores colorretais. Os resultados mostraram que os participantes que consumiam mais feijões secos apresentaram um risco menor de recorrência do tumor. Já outro estudo, esse feito com animais, descobriu que ratos que foram alimentados com feijão preto ou branco tiveram um bloqueio do desenvolvimento de células cancerígenas em até 75% quando foram induzidos ao câncer de cólon.

Isso significa que comer algumas porções de feijão semanalmente te ajudará a aumentar o consumo de fibras e diminuir o risco de desenvolver câncer. No entanto, o fato de não conhecer exatamente qual componente do feijão promove esses efeitos leva à necessidade de realizar mais estudos, especialmente em humanos.

7. Canela

A canela é uma especiaria muito usada mundialmente. Ela já é famosa por causa de seus benefícios para a saúde, incluindo sua capacidade de reduzir os níveis de açúcar no sangue e aliviar a inflamação. Porém, alguns estudos feitos em tubo de ensaio e em animais mostraram que a canela pode ajudar a bloquear a disseminação de células cancerígenas.

Dois estudos realizados em tubo de ensaio mostraram resultados relevantes. O primeiro descobriu que o extrato de canela diminuiu a disseminação de células cancerígenas e induziu à sua morte. O segundo mostrou que o óleo essencial de canela suprimiu o crescimento de células cancerígenas de cabeça e pescoço e também reduziu significativamente o tamanho do tumor.

Outro estudo que usou o extrato de canela em animais também mostrou resultados expressivos. A canela ajudou a induzir a morte de células tumorais, e a diminuir a quantidade de tumores que cresceram e se espalharam.

Embora os estudos em humanos ainda sejam necessários, ingerir entre 2 a 4 gramas de canela diariamente pode ajudar a prevenir o câncer e pode promover a saúde de outras formas.

8. Nozes

As nozes ganham cada dia mais espaço nas dietas, e elas já são classificadas como um dos poderosos alimentos que previnem o câncer.

Segundo um estudo que investigou a alimentação de 19.386 pessoas, manter uma dieta rica em nozes diminui as chances de morrer de câncer. Outro estudo acompanhou 30.708 participantes por até 30 anos e descobriu que a ingestão de nozes regularmente estava associada a uma diminuição do risco de cânceres colorretal, pancreático e endometrial.

Já as pesquisas realizadas com animais mostraram que os camundongos que foram alimentados com nozes tiveram uma redução de 80% nas taxas de crescimento de células de câncer de mama e de 60% no número de tumores.

Diante desses resultados, podemos perceber que adicionar uma porção de nozes à sua dieta todos os dias pode reduzir o risco de desenvolver câncer no futuro.

9. Óleos não refinados

Alguns óleos como o de coco, linho, fígado de bacalhau e azeite extra virgem são saudáveis e considerados eficientes alimentos contra o câncer.

Aproximadamente 60% do sistema nervoso é composto de ácidos graxos, e tanto o cérebro quanto o sistema nervoso controlam os processos corporais. Quando ingerimos óleos hidrogenados, eles podem destruir as membranas das células, deixando-as doentes e tóxicas. As gorduras refinadas também contribuem com uma menor função imunológica, congestão celular e inflamação que dá início a doenças.

A troca de óleos vegetais refinados, óleos hidrogenados e gorduras trans por aqueles de qualidade pode ajudar a impulsionar a função imunológica, e alguns componentes específicos como ácidos graxos ômega-3 podem energizar as suas células. 

Uma grande revisão que envolveu 19 estudos evidenciou que as pessoas que consumiram uma maior quantidade de azeite tiveram um risco menor de desenvolver câncer do sistema digestivo e de mama.

Outro estudo que analisou as taxas de câncer em 28 países em todo o mundo descobriu que as áreas com maior consumo de azeite de oliva tinham taxas reduzidas de câncer colorretal.

10. Linhaça

A linhaça é comumente adicionada aos smoothies, pode ser polvilhada sobre os cereais e iogurte, ou adicionada aos seus pães e outros produtos. Devido ao seu alto teor de fibras e gorduras saudáveis, ela pode contribuir com a saúde do coração e até ajudar a diminuir o crescimento e a matar as células cancerígenas.

Um estudo envolvendo 32 mulheres com câncer de mama mostrou que as que comeram um muffin preparado com linhaça diariamente apresentaram níveis menores de marcadores específicos que medem o crescimento do tumor, bem como um aumento na morte das células cancerígenas. Em outro estudo, 161 homens com câncer de próstata que fizeram a ingestão de linhaça mostraram um menor crescimento e disseminação de células cancerígenas.

A linhaça é considerada capaz de ajudar a combater o câncer, e o fato de sua composição ser rica em fibras a torna valiosa para evitá-lo especialmente o colorretal.

11. Tomates

O tomate, muito usado no preparo de pratos quentes e frios, contém licopeno, um composto que é responsável pela sua cor vermelha vibrante, e também por suas propriedades anticancerígenas. Há tempos ele vem sendo apontado como um dos poderosos alimentos que previnem o câncer e seus efeitos já foram evidenciados através de estudos.

Um grande estudo envolvendo 47.365 pessoas mostrou que uma maior ingestão de molho de tomate estava ligada a um menor risco de desenvolver câncer de próstata. Já uma revisão de 17 estudos também descobriu que consumir tomates crus, cozidos e licopeno ajudou a reduzir o risco de câncer de próstata.

Então, não deixe de incluir tomates na sua alimentação diária. Eles podem ser adicionados ao sanduíche, saladas, molhos ou massas.

12. Alho

O alho contém um componente ativo chamado de alicina, um composto que demonstrou ser capaz de matar células cancerígenas em múltiplos estudos em tubos de ensaio.

Por exemplo, um grande estudo investigou a dieta de 543.220 participantes. As evidências apontaram que aqueles com uma alimentação rica em alho, cebola, alho-poró e cebolinha apresentaram menos chances de desenvolver câncer de estômago. Também foram analisados 471 homens, cuja maior ingestão de alho foi associada a um risco reduzido de câncer de próstata.

Com base nessas descobertas, incluir de 2 a 5 gramas de alho fresco por dia pode ajudá-lo a tirar proveito de suas propriedades anticancerígenas.

13. Peixe selvagem

Peixes selvagens, especialmente os pequenos como salmão, cavala, anchova e sardinha, são ricos em ácidos graxos ômega-3, anti-inflamatórios que impulsionam a saúde cerebral, hormonal e do sistema nervoso. Esse fato também tem indicado que eles podem ser alimentos que evitam câncer. 

Os peixes selvagens são ricos em vitamina D e acredita-se que níveis adequados dessa vitamina reduzem o risco de câncer, e que os ácidos graxos ômega-3 podem bloquear o desenvolvimento da doença.

Apenas duas porções de peixe gordo por semana já ajuda a obter uma dose saudável de ácidos graxos ômega-3 e vitamina D.

14. Chás tradicionais

Os chás feitos com as folhas da planta Camellia sinensis são consumidos frequentemente em todo o mundo, incluindo chá verde, preto ou oolong. 

Vários estudos clínicos e epidemiológicos relataram que o consumo de chá, especialmente o verde, pode ajudar a diminuir o risco de câncer, pois ele contém os principais compostos polifenólicos, incluindo a epigalocatequina-3-galato, que tem demonstrado inibir a invasão tumoral e a angiogênese, que são essenciais para o crescimento e metástase do tumor. 

Outra composição importante são as catequinas EGCG, que parecem ser as mais potentes de todas as catequinas, e seus efeitos anticancerígenos são cerca de 25 a 100 vezes mais eficazes que a das vitaminas C e E.

15. Frutos pequenos (bagas)

Esses frutos pequenos são ricos em antocianinas, pigmentos vegetais que possuem propriedades antioxidantes e podem diminuir as chances de desenvolver câncer.

Cerca de 25 pessoas com câncer colorretal participaram de um estudo em que foram tratadas por sete dias com extrato de mirtilo, o que reduziu o crescimento de células cancerígenas em 7%. Outro pequeno estudo forneceu framboesas pretas liofilizadas para pacientes com câncer bucal, e os participantes puderam experimentar uma redução nos níveis de certos marcadores associados à progressão do câncer.

Animais também foram testados para compreender melhor os efeitos das bagas. Um desses estudos evidenciou que os ratos que comeram framboesas secas liofilizadas apresentaram uma redução de 54% na incidência de tumores esofágicos e de 62% na redução do número de tumores.

Embora mais pesquisas sejam necessárias para comprovar os efeitos de alguns alimentos contra o câncer em humanos, os resultados obtidos até aqui são muito relevantes.

É fato que existem variáveis que podem provocar essa condição que não temos controle, mas sabe-se que aproximadamente 70% dos casos são causados pela má alimentação e estilo de vida. Então, incluir estes poderosos alimentos que previnem o câncer na sua dieta pode impulsionar consideravelmente a sua saúde e afastar a possibilidade de desenvolver a doença.

Referências adicionais:

Você já tinha conhecimento desses poderosos alimentos que previnem o câncer? Costuma consumi-los com certa frequência em sua dieta? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading…

Natália Oliveira

Natália Oliveira, apaixonada pelo universo Fitness feminino e toda magia que envolve "SER MULHER". Secretária Executiva, esposa e empreendedora digital.

15 Poderosos Alimentos que Previnem o Câncer - Posts relacionados