Pode ser do seu interesse

Sem categoria

14 Benefícios do Cominho – O Que é, Para Que Serve e Como Usar

O cominho é considerado a segunda especiaria mais popular do mundo, perdendo apenas para a pimenta.  Ele é mundialmente utilizado para trazer mais sabor para diversos pratos, mas a culinária indiana é certamente a que mais utiliza o condimento em seu cardápio.

Embora ele seja um recurso usado comumente para adicionar um “toque especial” aos alimentos, os benefícios do cominho podem trazer contribuições muito mais relevantes e impactar positivamente na sua saúde. Por esse motivo, abordaremos aqui o que é o cominho, para que serve e como usar esse condimento na sua dieta.

O que é cominho?

O cominho é uma planta que faz parte da família Apiaceae. Ele é conhecido cientificamente como Cuminum cyminum e suas sementes são usadas inteiras ou moídas, transformando-se em cominho em pó, que é usado como um tempero para vários pratos. Seu sabor é “quente” e “terroso” e por causa de seu forte aroma, apenas uma pequena quantidade é usada nos preparos.

Além da culinária, o cominho também é um recurso medicinal usado há séculos. Por exemplo, em países do sudeste asiático, é usado para ajudar a digestão, tosse, dores diversas e para promover a saúde do fígado. No Irã, a sua aplicação é feita para tratar convulsões e na Tunísia ele serve para ajudar a combater infecções e baixar a pressão arterial.

O fato é que à medida que os estudos apresentam os benefícios do cominho para a saúde, o interesse pela especiaria mundo afora cresce significativamente.

Propriedades nutricionais

Um relatório co-publicado pela Food & Drug Toxicology Research Center declarou que consumir uma colher de chá de cominho diariamente pode suprir as necessidades diárias de alguns nutrientes.

Aproximadamente 6 gramas oferecem apenas 22 calorias e 1 grama de gordura, que tem cerca de 11 calorias. Seu nível de colesterol é zero, e por isso pode ser consumido em boas quantidades, sem prejudicar os níveis de colesterol no sangue.

Nessa mesma quantidade ele entrega 3 gramas de carboidratos e 1 grama de proteínas, e o fato de conter baixos teores de gordura saturada e sódio o tornam uma boa fonte de tiamina, fósforo e cobre. Também contém 2% das necessidades diárias de vitamina A, 1% de vitamina C, 6% de cálcio e 22% de ferro.

Outras vitaminas presentes incluem riboflavina, niacina, vitamina E, K e vitamina B6. De acordo com a USDA National Nutrient Database, o cominho ainda contém minerais como cobre, zinco e potássio, além de ser rico em aminoácidos e fibra dietética.

Para que serve o cominho?

Diante de seu valor nutricional, é possível imaginar que o cominho contribui muito para a saúde. No entanto, os benefícios do cominho foram evidenciados através de pesquisas que mostraram que seu consumo serve para administrar uma variedade de condições de saúde.

Pesquisas apontam que o cominho pode impulsionar o sistema imunológico, ajudar a combater certos tipos de infecções bacterianas e fúngicas, é capaz de impulsionar a boa digestão, tratar distúrbios da pele e insônia, anemia, furúnculos e até contribuir com a perda de peso, melhorar o controle do açúcar no sangue e o colesterol e prevenir alguns tipos de câncer.

Embora mais pesquisas sejam necessárias pra comprovar todos os benefícios do cominho, ele parece ter um futuro promissor como um alimento medicinal.

Benefícios do cominho

1. Ajuda a melhorar os níveis de colesterol

A capacidade do cominho de melhorar os níveis de colesterol está relacionada às suas propriedades hipolipidêmicas, o que ajuda a controlar altos níveis de gorduras.

Vários estudos já foram realizados para evidenciar esses efeitos. Por exemplo, um deles mostrou que tomar 75 miligramas de cominho, duas vezes ao dia por oito semanas, diminuiu os níveis de triglicerídeos sanguíneos não saudáveis.

Outro apontou uma redução de 10% nos níveis de colesterol LDL (ruim) de pacientes que tomaram extrato de cominho durante um mês e meio. O terceiro estudo constatou que misturar o cominho ao iogurte pode impulsionar o colesterol HDL (bom). A análise foi realizada com 88 mulheres, e aquelas que tomaram 3 gramas de cominho com iogurte duas vezes ao dia por três meses apresentaram níveis mais elevados de HDL do que aquelas que comiam iogurte sem ele.

No entanto, não existem relatos de que o cominho usado como tempero na dieta tem os mesmos benefícios sob os níveis de colesterol no sangue.

2. Promove a digestão

O responsável pelo aroma do cominho é um composto orgânico chamado cuminaldeído, que está presente em seu óleo essencial. Ele ativa as glândulas salivares na boca, o que facilita a digestão primária dos alimentos. Na sequência vem o timol, um composto capaz de estimular as glândulas que secretam ácidos, bílis e enzimas envolvidas na completa digestão dos alimentos no estômago e nos intestinos.

Por esse motivo, o cominho é considerado muito bom para tratar problemas digestivos. Ele também é um carminativo que pode aliviar os gases, e seus óleos essenciais, magnésio e teor de sódio ajudam a aliviar dores no estômago, se ingerido com água quente.

Em 2013 o Middle East Journal of Digestive Diseases publicou uma pesquisa mostrando a eficácia do extrato de cominho no tratamento de distúrbios gastrointestinais, como inchaço, e outros sintomas relacionados à Síndrome do Intestino Irritável (SII), que é um dos distúrbios gastrointestinais mais comuns atualmente.

3. Trata as hemorroidas

Hemorroidas são incômodas e extremamente desconfortáveis e em casos mais severos precisam ser submetidas à cirurgia para curar o problema.

Um dos benefícios do cominho pode ser eliminar os sintomas e causas de hemorroidas. Ele também contribui com a cura de infecções no sistema digestivo e excretor, por causa de suas fibras alimentares e propriedades carminativas, estimulantes, antifúngicas e antimicrobianas, que lhe permitem agir como um laxante natural em forma de pó.

Então, se você sofre com hemorroidas vale a pena adicionar cominho à dieta para ajudar a tratar a condição.

4. Aumenta a imunidade

Estar com a imunidade alta impede a entrada de vírus, fungos e outros patógenos que podem causar muitas doenças e infecções. Quando o sistema imunológico está forte, ele é capaz de formar uma barreira protetora. Alguns alimentos são conhecidos por ajudar, e esse é um dos benefícios do cominho.

Ele é composto por ferro, óleos essenciais, vitamina C e A. Essa combinação é capaz de impulsionar o sistema imunológico de várias maneiras; por exemplo, a vitamina C – que é considerada um dos antioxidantes mais poderosos – estimula a função e atividade dos glóbulos brancos no organismo, além de ajudar a neutralizar os efeitos dos radicais livres que provocam muitas doenças, incluindo as cardiovasculares e câncer.

5. Previne diabetes

O cominho pode ajudar a prevenir a diabetes. Porém, ainda não está claro qual é o componente exato que promove esse benefício.

Um estudo clínico que envolveu pessoas com excesso de peso mostrou que um suplemento concentrado de cominho melhorou os indicadores iniciais de diabetes e que ele também contém componentes que combatem alguns dos efeitos da diabetes em longo prazo.

Seus efeitos também são eficazes para reduzir os produtos finais de glicação avançada (AGEs), que é uma das formas pelas quais a diabetes prejudica as células do corpo. A glicação avançada acontece quando existem altos níveis de açúcar no sangue por longos períodos de tempo. Diante desse cenário, os açúcares se ligam às proteínas e atrapalham sua função normal, e o resultado são danos aos olhos, rins, nervos e pequenos vasos sanguíneos.

Esses estudos foram feitos utilizando suplementos concentrados de cominho, mas usá-lo como tempero também pode ajudar a controlar os níveis de açúcar no sangue em pessoas com diabetes.

6. Ajuda a tratar asma e bronquite

O cominho possui uma combinação adequada para ajudar aqueles que sofrem com distúrbios respiratórios, como asma e bronquite. A presença da cafeína, que é estimulante, e dos óleos essenciais ricamente aromáticos, que são desinfetantes, permite que ele exerça uma função expectorante.

Ele ajuda a tratar a condição que desencadeou o problema, trabalha para soltar o catarro que está acumulado e também o muco nas vias respiratórias; dessa forma, o processo de eliminação se torna muito mais fácil.

7. Evita o desenvolvimento de doenças transmitidas por alimentos

Usar cominho como um tempero pode melhorar a sua segurança alimentar, pois ele possui diversos componentes que são eficazes para reduzir o crescimento de bactérias de origem alimentar e certos tipos de fungos infecciosos.

Suas propriedades antivirais e antibacterianas ajudam a combater infecções e doenças transmitidas por alimentos. O carvacrol e timol são considerados desinfetantes, e quando digerido, o cominho libera um componente chamado megalomicina, que tem propriedades antibióticas.

Além disso, o cominho reduz a resistência de certas bactérias aos remédios, segundo um estudo.

8. Previne anemia

A anemia é considerada uma das deficiências nutricionais mais comuns, e estatísticas mostram que ela afeta até 20% da população mundial e até 10 em 1.000 pessoas nos países mais ricos.

Particularmente as crianças precisam de ferro para apoiar o crescimento e as mulheres jovens precisam de ferro para substituir o sangue perdido durante a menstruação, então adicionar o cominho na dieta pode ser uma ajuda valiosa para tratar a anemia, pois ele é rico em ferro e pode diminuir sintomas como fadiga, ansiedade, disfunção cognitiva e problemas digestivos.

Poucos alimentos são tão ricos em ferro quanto o cominho e ele é considerado uma boa fonte mesmo quando é usado em pequenas quantidades como tempero. Apenas uma colher de chá de cominho em pó contém 1,4 mg de ferro, ou 17,5% das necessidades diárias para adultos.

9. Aumenta a lactação

As mulheres que estão amamentando precisam manter uma dieta nutritiva e equilibrada para ajudar o corpo a produzir o leite, sem causar prejuízos para a saúde. Há benefícios do cominho nesse sentido porque ele é rico em ferro e, capaz de ajudar a estimular a secreção de leite em mulheres lactantes, devido à presença de timol. Além disso, o cominho contém mais de 900 mg de cálcio em 100 gramas, o que representa mais de 90% da necessidade diária de cálcio, que é um constituinte importante do leite.

Portanto, o cominho é muito bom para as mães que amamentam e seus efeitos são potencializados se ele for combinado com mel.

10. Combate os radicais livres

Os radicais livres são considerados elétrons solitários que quando estão livres buscam continuamente se ligar a outras substâncias. Nesse processo, ele acaba “roubando” elétrons que já possuem pares, causando a oxidação, que pode desenvolver artérias obstruídas e doenças cardíacas. E os malefícios dos radicais livres não param por aí, pois ele também está associado à inflamação na diabetes e a oxidação do DNA pode contribuir com o desenvolvimento de câncer.

O cominho é repleto de antioxidantes, proveniente de seus terpenos, fenóis, flavonoides e alcaloides. Antioxidantes oferecem aos radicais livres um elétron para que ele não fique solitário, tornando-o mais estável sem que precise buscar substâncias saudáveis para se ligar, e isso ajuda a diminuir os danos causados ​​ao seu corpo pelos radicais livres.

11. Combate os efeitos do estresse

Combater o estresse pode ser mais um dos benefícios do cominho, atribuído ao seu nível de antioxidantes, que são considerados mais potentes do que os encontrados na vitamina C.

Um estudo utilizou o extrato de cominho em ratos que apresentavam sinais de estresse para analisar os seus efeitos. Os resultados mostraram que quando os animais receberam extrato de cominho antes de uma atividade estressante, seus corpos tiveram uma resposta relevantemente menor ao estresse do que aquela que foi vista nos ratos que não receberam o tratamento.

Além disso, alguns dos componentes do óleo essencial de cominho têm uma origem hipnótica e efeitos tranquilizantes, que também ajudam a aliviar a ansiedade que comumente causa insônia.

12. Diminui distúrbios cognitivos

O uso de cominho como um tempero culinário em alimentos desempenha um papel importante na luta contra os distúrbios cognitivos. O fato de ele ser rico em ferro aumenta a circulação sanguínea para vários órgãos, incluindo o cérebro, o que promove um aumento do desempenho cognitivo, e esse fato pode ajudar a reduzir o risco de distúrbios cognitivos, como a doença de Alzheimer e demência.

As atividades antiestresse, antioxidante e de melhoria da memória do extrato de cominho foram evidenciadas cientificamente através de um estudo publicado na Pharmaceutical Biology.

13. Promove uma pele mais saudável

As propriedades desinfetantes e antifúngicas do cominho ajudam a proteger a pele contra infecções fúngicas e microbianas. Já a sua concentração de vitamina E age como um antioxidante que ajuda a combater os radicais livres, impedindo o surgimento prematuro de rugas, manchas da idade e flacidez da pele.

Outros benefícios do cominho são prevenir furúnculos, erupções cutâneas, espinhas e outros sinais de excesso de conteúdo tóxico. Componentes como cuminaldeído, timol e fósforo são bons agentes desintoxicantes que ajudam a remover regularmente as toxinas do corpo através do sistema excretor.

14. Ajuda a emagrecer

Os suplementos de cominho concentrados podem impulsionar a perda de peso e esses resultados foram percebidos durante a realização de alguns ensaios clínicos.

O primeiro estudo dividiu 88 mulheres com excesso de peso descobriu em dois grupos. Um consumiu iogurte contendo 3 gramas de cominho e o outro apenas o iogurte. Os resultados mostraram que o grupo que adicionou o cominho experimentou uma perda de peso, em comparação às mulheres que não fizeram a ingestão. O segundo estudo mostrou que os participantes que tomaram 75 mg de suplementos de cominho todos os dias perderam 1,4 kg a mais do que aqueles que tomaram placebo.

Já o terceiro analisou os efeitos de um suplemento concentrado de cominho em 78 homens e mulheres adultos. Os resultados mostraram que aqueles que tomaram o suplemento perderam 1 kg a mais em oito semanas do que aqueles que não tomaram.

No entanto, um estudo que administrou uma dose inferior a 25 mg por dia não obteve resultados significativos.

Como usar?

Usar e aproveitar os benefícios do cominho é muito fácil. Como citamos, ele é um ingrediente muito versátil e presente em diversas culinárias espalhadas pelo mundo. Ele pode ser usado como um tempero para carnes, legumes, molhos, sopas, picles e saladas, também pode ser acrescentado ao chá ou polvilhado ao iogurte, se você pretende usá-lo para emagrecer.

Sua disponibilidade é muito ampla, pois ele pode ser encontrado nas prateleiras de supermercados, feiras livres, mercados municipais e lojas especializadas em ervas e especiarias. No entanto, se você prefere adquirir o cominho em pó, siga algumas recomendações importantes que listamos abaixo.

Ao comprar cominho, prefira sempre as sementes inteiras e faça a moagem em casa. O pó vendido pronto costuma perder o sabor mais rapidamente e pode conter misturas de especiarias de qualidade inferior.

Na hora de comprar:

  • Prefira comprar sementes de cominho secas cultivadas organicamente, pois elas são menos propensas a conter aditivos químicos.
  • Quando for escolher, esprema a semente entre o dedo indicador e o polegar. Se ela liberar um sabor agradável e apimentado, significa que sua qualidade é superior.

Armazenamento:

  • As sementes e o pó de cominho devem ser armazenados em um recipiente de vidro hermeticamente fechado, em local fresco, escuro e seco.
  • Ele pode ser armazenado por meses e as sementes podem ser moídas sempre que necessário.
  • O cominho em pó pode ser armazenado no refrigerador, desde que esteja em uma embalagem livre de ar.
  • Assim que moer, use o cominho o mais rápido possível, pois ele perde o sabor rapidamente.
  • A validade das sementes de cominho frescas é de até um ano, enquanto o pó tem uma vida útil de 6 meses.

Algumas pessoas preferem consumir o cominho em cápsulas, uma versão que é facilmente encontrada na internet. Mas, se você pretende usar o cominho em pó como um ingrediente nas suas receitas, saiba que ele combina com praticamente todos os alimentos, então basta usar a criatividade e aproveitar todos os benefícios do cominho para a sua saúde.

Referências adicionais:

Você já imaginava que existiam tantos benefícios do cominho para a saúde? Tem o costume de utilizar essa especiaria em sua cozinha? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading…

Natália Oliveira

Natália Oliveira, apaixonada pelo universo Fitness feminino e toda magia que envolve "SER MULHER". Secretária Executiva, esposa e empreendedora digital.

14 Benefícios do Cominho – O Que é, Para Que Serve e Como Usar - Posts relacionados